Apresentação

Olá gente feliz ou mais ou menos, aqui na minha Taberna postaremos um pouco de tudo, notícias em geral, postagens interessantes diversas da internet, vídeos, músicas,e tudo mais que acharmos interessante ai pelo nosso mundinho cibernético de cada dia, Enjoy!

terça-feira, 15 de junho de 2010

Pornô Moderno! Tá afim?

Não indicado para menores de 18 anos.
Olá pessoas, estou postando aqui pela primeira vez e com essa primeira matéria talvez eu pareça um pouco feminista (e sou mesmo xD), mas penso que não irei ofender os homens que lerem, talvez trazer um pouco do universo feminino e ajudar os moçoilos a conquistar as moçoilas.


O assunto que irei abordar hoje é sobre pornô feminino. Primeiramente eu gostaria de sublinhar as palavras da nova celebridade do Youtube “mulher também goza, e mulher também se masturba” (@felipeneto - Não faz Sentido). Acrescento à essa frase a seguinte afirmação: mulher também gosta de pornô, o que ela não gosta é de mal gosto!

O sentido do pornô, quando foi criado, era o de instigar a fantasia (do homem, diga-se de passagem), de nos imaginarmos fazendo sexo em situações inusitadas, etc. O que vemos no pornô tradicional (que existe desde foi criado a tecnologia para produção de filmes) é uma total falta de instigação da imaginação e fantasia! O entregador de pizza vai, toca a campainha, a mulher atende, e já vão tirando a roupa. Bizarro, não existe palavra melhor. Quer dizer, alguns podem argumentar: "é isso o que interessa, ver a mulher pelada e fazendo sexo". Sexo todo mundo sabe como é, não tem nenhuma novidade, é colocar uma coisa na outra e ir pra frente e pra trás (em diversas posições, para alguma variação), e para nós, mulheres, é mais sem graça ainda! Para vermos mulher pelada basta a gente ficar pelada e se olhar no espelho, absolutamente sem graça. Então o que nos excitaria seria exatamente a proposta original do pornô: instigar a imaginação, a fantasia, como se tudo aquilo pudesse realmente acontecer com cada um de nós.

Nos filmes pornôs tradicionais a mulher parece sempre uma prostituta: cabelos compridos estilo mega-hair, a maioria loira, peitos e bundas enormes, exagero de maquilagem, unhas vermelhas que poderiam abrir uma lata de leite condensado. Isso está totalmente fora da nossa realidade. Nós, simples mulheres morenas, ruivas, negras, orientais (e loiras também) de cabelo curto, com bundas e peitos normais, não conseguimos nos identificar com essas mulheres, por isso não instiga nossa imaginação, não conseguimos nos imaginar no lugar delas tendo um orgasmo. E acredito que os homens também gostam de variação não?! Imaginem uma ruivinha head-banger ou uma japinha parecida com a menina do colégio (ou trabalho) tendo um orgasmo de verdade!? Outra coisa que irrita, os orgasmos fakes. Sim caros colegas, a maioria dos orgasmos são fakes, e sabe como eu sei disso? Se fossem de verdade a câmera não pegaria os sons dela e vocês não ficariam excitados. O que deveria ser feito, talvez, é investir em um sistema de som muito, muito bom, assim o som dos orgasmos verdadeiros seriam captados. Eu pelo menos acho muito mais gostoso um gemido baixinho no ouvido (e quem sabe ir aumentado conforme a coisa esquenta) do que uma mulher gritando que nem uma gata no cio o tempo todo. No motel eu coloco no mute, por que o som me irrita tanto que me brocha (xD).

Tudo isso eu estou falando da produção dos filmes pornôs tradicionais, eles fazem esses filmes de uma forma barata justamente para gastar pouco e ganharem muito dinheiro, e sabe por que fazem isso? Por que as pessoas não exigem qualidade, e continuam comprando essas produções baratas. E eu nem estou entrando no assunto de que os pornôs tradicionais foram feitos apenas para homens, sempre com uma mulher submissa, realizando todos os desejos do homem. Fala sério, em quatro paredes vale tudo, até ser submissa, mas de vez em quando é legal uma mulher mandando, ou um homem fazendo uma mulher ter prazer.

Pornô tradicional não excita, faz eu dar risada das histórias absurdas.
E não é somente eu que estou falando isso, muitas pessoas (homens e mulheres) têm procurado pornôs mais “reais”, com história, e uma boa produção. Discutia isso com minhas amigas de república, todas partilham da mesma opinião que eu, e pensávamos o quanto está em falta no mercado esse tipo de filme, esse mercado de pornôs para mulheres. Isso até me passarem uma matéria que falava sobre esses novos pornôs que vêm surgindo no mercado, denominados pornôs femininos (eles chamam assim por que foram feitos por mulheres, e teoricamente para mulheres, mas eu discordo dessa denominação uma vez que não vejo problema ambos os sexos experimentarem assistir).

Vejam a matéria original, é muito boa e interessante. Que tal baixar comprar um filme e chamar sua gatinha pra assistir, tem tanto pornôs mais suaves, com mais história, como diretoras que fazem mais explícitos e picantes. Tenho certeza que ela vai gostar ;).

by: Wyld Child

1 Comentário:

aNDRE disse...

Esse post tinha que ser escrito por uma mulher. Só podia ser. Por que digo isso? Porque notei INTELIGÊNCIA. Não é preconceito contra os homens, mas a maioria deles vê a indústria pornô de maneira simplificada: basta aparecer mulher nua, estando dentro dos padrões industriais, tudo bem.

Eu sou um dos homens que discorda dessa visão. Assim como vc, filme pornô só serve pra me entediar. São sempre as mesmas coisas, as mulheres são sempre "perfeitas", a maioria parece prostituta rica. É tudo fantasioso demais. Os seios são falsos, geralmente. Nesses filmes, NENHUMA mulher tem barriguinha de gordura, o que é uma pena. Nenhuma tem celulite, estrias, o que também é uma pena.
Sem contar a trilogia OBRIGATÓRIA do sexo: oral, vaginal e anal. É sempre a mesma coisa, que absurdo.
A ejaculação é sempre visível, nos peitos, boca, bunda ou barriga. A mesmice de sempre.

A maioria dos pornôs é simplesmente brochante.
Talvez falte uma DIRETORA de filmes pornôs pra ajeitar isso.

Localização de nossos leitores

  ©Template Blogger Elegance by Dicas Blogger.

TOPO